Foz do Iguaçu, essa bela cidade na tríplice fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai é palco de um dos lugares mais lindos do mundo: as Cataratas do Iguaçu. Mas como se as cataratas não fossem motivo suficiente para visitar a cidade, Foz ainda oferece muitos outros atributos como a Hidrelétrica de Itaipu e o fácil acesso aos países vizinhos. É inacreditável como muitos brasileiros ainda não conhecem esse lugar que é destino garantido de gringos mundo a fora. Se você ainda está em dúvida se deve incluir essa querida cidade no seu destino, vem comigo que no final do texto você já estará procurando hospedagem por lá.

Todos os lados de Foz

Foz é um destino que pode agradar todos os públicos, seus atrativos são muitos e vou te contar tudo que você pode incluir no roteiro quando estiver por essas bandas. Isso porque as atrações de Foz não ficam restritas somente a cidade, já que em poucos minutos você pode cruzar a fronteira e visitar um país vizinho.

Parque Nacional do Iguaçu

Definitivamente não há como ir para Foz do Iguaçu e não conhecer o Parque Nacional do Iguaçu, local que abriga uma das 7 maravilhas da natureza: as Cataratas do Iguaçu. É uma paisagem realmente de tirar o folego e um dos motivos de Foz do Iguaçu ser um dos principais destinos de turistas estrangeiros por aqui, afinal gente do mundo todo vem conferir essa força da natureza.

É possível visitar as cataratas em território brasileiro e argentino e vale a penas conhecer os dois lados. Reserve um dia para o lado brasileiro (e você pode incluir o parque das aves se quiser, pois fica pertinho) e se possível reserve dois dias para o lado argentino pois o parque dos hermanos é maior e tem diversas trilhas. Os dois parques oferecem passeio de barco, no Brasil é o Macuco Safari e na Argentina tem algumas opções de passeio como o Gran Aventura Naútica. Nós fizemos o passeio na Argentina e super recomendamos pois é mais em conta e mais radical. Falando em preço, a entrada do parque brasileiro custa menos para brasileiros e do lado argentino é necessário levar o valor em pesos para realizar o pagamento. Saiba todos os detalhes dos dois parques e mais a experiência do passeio de barco no nosso post sobre as cataratas, já aviso que gostamos mais do lado argentino, confira aqui o porquê.

Argentina: Cataratas do Iaguazu

Itaipu Binacional

Enquanto as cataratas revelam a grandiosidade da natureza a usina de Itaipu mostra que Foz também abriga uma das maiores construções da humanidade. A maior usina do mundo em geração de energia limpa e renovável, Itaipu também impressiona pelo seu tamanho e tecnologia, a barragem principal que retém o curso do Rio Paraná possui 8km de comprimento e a altura equivalente a um edifício de 65 andares, e a vazão de duas turbinas da usina equivale à vazão média das Cataratas do Iguaçu. Filha da colaboração entre o Brasil e o Paraguai a hidrelétrica permite que o visitante realize passeios para conhecer um pouco mais sobre o local. A visita panorâmica promete uma visão geral e rápida, já o Circuito especial oferece uma visita completa, porém um pouco mais cara. A iluminação da barragem é o passeio mais curto e mais acessível, e foi o que nós escolhemos para fazer, o problema é que não sabíamos que o passeio só acontecia as sextas e sábados a noite e como chegamos em Foz no domingo não deu tempo de conhecer a usina dessa forma. A melhor opção é reservar e comprar os passeios pelo próprio site da usina, planeje com antecedência pois alguns passeios têm vagas limitadas. Saiba mais: https://www.turismoitaipu.com.br

Brasil - Foz do Iguaçu: Usina Itaipu Binacional

Parque das Aves

O parque reúne milhares de aves de diversas espécies e proporciona um ambiente ideal para criar o melhor habitat para esses animais. Além de cuidar das aves o parque também realiza atividades para reabilitar aves que estavam em cativeiro, se tornando um verdadeiro refúgio para animais que já sofreram bastante. Localizado próximo ao Parque Nacional do Iguaçu, o local é uma imersão na mata atlântica e o passeio permite ao visitante não só observar as aves, mas também entrar em contato com algumas espécies em alguns viveiros que são propícios para essa interação. Nós não fizemos a atração porque o nosso próximo destino era Bonito e Pantanal e imaginamos que veríamos bastante aves na natureza, mas para quem gosta desse tipo de passeio não pode deixar de fora do roteiro e pode com certeza combinar a visita para quando for conhecer as cataratas do lado brasileiro. Saiba mais: http://www.parquedasaves.com.br

Brasil - Foz do Iguaçu: Parque das Aves

Marco das três fronteiras

Estar em Foz do Iguaçu é sentir o tempo todo a união de uma cidade fronteira com mais dois países, e a “personificação” desse sentimento são os marcos das três fronteiras. Cada um dos três países possui um local dedicado a celebrar a união das fronteiras, com um monumento com as cores de sua bandeira. Os marcos são localizados onde é possível visualizar cada uma das fronteiras, o do Brasil fica onde se encontram os rios Iguaçu e Paraná, o da Argentina fica nas margens do Rio Iguaçu e o marco do Paraguai fica nas margens do rio Paraná, formando assim um triângulo entre as fronteiras dos três países. Os três locais são possíveis de visitação, sendo que somente o do Brasil é pago. Visitamos o marco da Argentina e ficamos encantados com o show de luzes por lá, nós filmamos tudo para você sentir um pouquinho desse experiência, confira mais nesse post.

Argentina - Puerto Iguazu: Marco das Três Fronteiras

Templo Budista

O templo budista é uma opção para um passeio tranquilo em meio a cidade. Localizado em uma parte alta da cidade possibilita uma visão do centro de Foz e também de Ciudad del Leste no Paraguai. O local construído em 1996 possui mais de 120 estatuas em seu jardim que encantam os visitantes, sendo uma das mais impressionantes um Buda de mais de 7 metros de altura. Por ser um pouco afastado do centro o passeio pode ser incluído no caminho para a usina de Itaipu que fica por aquela região. A visita não tem custo e o horário de funcionamento é de terça a domingo das 9h30 às 16h30. Nós acabamos não visitando o templo por falta de tempo mesmo, mas se passarmos por Foz novamente iremos incluir no roteiro sem dúvida 🙂

Compras no Paraguai

Todo o roteiro dessa viagem começou com a ideia de ir ao Paraguai para comprar os equipamentos que precisávamos para começar a produzir as fotos e vídeos pro blog, então compras no Paraguai era o item número um do nosso roteiro e também de diversos turistas e sacoleiros que visitam a região. Ciudad del Leste é uma cidade suja e feia que na nossa opinião parece uma grande 25 de março. O mais importante é pesquisar antes o que você deseja comprar e sempre preferir as grandes lojas para não correr o risco de investir sua graninha em artigos falsificados. Para chegar é atravessando a famosa ponte da amizade, vimos em vários sites as pessoas recomendando não fazer a travessia a pé mas nós fomos duas vezes e não tivemos nenhum problema, pelo contrário foi super seguro e com policiamento no local. A sensação ao fazer compras no Paraguai é de indignação em pensar em como em alguns minutos de caminhada seu dinheiro começa a valer mais, e nem preciso dizer que as compras valeram super a pena, né? Da uma olhada neste post com toda a nossa experiência e também todas as dicas para suas compras serem tão tranquilas como foram as nossas.

Paraguai - Ciudad del Este: Compras

Duty Free Shop Puerto Iguazú

Já que estamos falamos de compras, o free shop na fronteira com a Argentina não poderia ficar de fora. Localizado um pouco antes da aduana argentina o local é ideal para quem não resiste uma comprinha. Quando o dólar está mais em conta as compras são mais vantajosas e por isso é sempre bom pesquisar antes de comprar por lá. No local você encontra um pouco de tudo, desde chocolates, perfumes, bebidas, cosméticos e eletrônicos. Por se tratar de uma zona franca todos os produtos encontrados ali são importados de outras regiões, você não achará nada produzido na Argentina, Brasil ou Paraguai. Para nós o que valeu a pena mesmo foram as bebidas, mas especificamente os vinhos e espumantes. Independente  do seu objeivo de compras vale reservar algum tempo para passar por lá. Lembrando que é necessário um documento (RG ou passaporte) para realizar as compras, no local o estacionamento é gratuito mas também há diversos serviços de transfer gratuito saindo de alguns hotéis de Foz. Confira mais no site: http://www.dutyfreeshoppuertoiguazu.com

Argentina - Puerto Iguazu: Duty Free Shop

Bônus: Praia Artificial Santa Terezinha

Vamos falar aqui de um local inusitado que conhecemos, mas que fez a diferença na nossa viagem. Quando saímos de Maringá com destino a Foz do Iguaçu utilizamos o Blablacar para dar carona para a Ludmila que mora na cidadezinha de Santa Terezinha a poucos minutos de Foz do Iguaçu. Durante a viagem Ludmila contou pra gente que o município tem uma praia artificial que existe por causa do alagamento necessário para criar a usina de Itaipu. A prainha de agua doce foi uma grande surpresa pra gente que não imaginava nada parecido pela região, o local tem uma vibe super tranquila e nos proporcionou um entardecer muito legal. O melhor de tudo é que o acesso a prainha é gratuito e além disso há muita estrutura por lá, inclusive para quem quiser acampar na região, e local pra camping gratuito é raro de ser ver! Isso só mostra como as pessoas que encontramos na viagem fazem toda a diferença e podem te mostrar lugares incríveis. Valeu Ludmila 🙂

Brasil - Foz do Iguaçu: Santa Terezinha de Itaipu

Nossa experiência em Foz

Nossa experiência em Foz foi bem positiva, a cidade nos acolheu super bem e conhecemos pessoas e lugares que ficaram marcados na memória. Ao todo ficamos 3 dias na cidade mas como só as compras no Paraguai nos tomaram um dia e meio, achamos que o tempo foi curto pra aproveitar tudo que a região tem para oferecer, se possível recomendamos cinco dias para aproveitar bem todas as atrações, mas com três dias e se organizando bem da para ver os pontos principais. Com certeza vale incluir Foz no roteiro mais uma vez se tiver a chance, a região merece um replay.


Dicas Traveleiros